A pintura tem por objetivo depositar um filme de tinta sobre uma superfície metálica, concreto ou alvenaria, com as seguintes finalidades: Proteção do patrimônio e segurança. É composta por três etapas onde cada uma delas tem um importante papel para garantir o desempenho da pintura. As etapas são: Preparação da superfície, aplicação e a tinta.

 Preparação da Superfície   Deve ser realizada por profissionais treinados, com completa remoção de materiais estranhos ou contaminantes presos na superfície, com ferramentas adequadas, quando necessário criando rugosidade (de acordo com a especificação) no substrato para uma melhor aderência da tinta. Novos métodos foram criados, visando amenizar a emissão de poeira, que pode causar danos a saúde das pessoas e ao meio ambiente (jato úmido e jato em circuito fechado). 
  Nas indústrias, são usados vários métodos de preparação de superfície, tais como: desengraxe, fosfatização, jateamento com granalha em que o abrasivo é projetado contra a superfície por jato de ar ou por turbinas centrífugas. 

  O hidrojateamento tem sido usado com sucesso em áreas onde se deseja sucesso em áreas onde se deseja efetuar a remoção de películas de tintas velhas restaurando a superfície e tornando-a apta para receber nova aplicação, principalmente em locais onde não é permitido a realização de jato abrasivo.

Aplicação das tintas Deve ser realizada por profissionais devidamente qualificados, usando de técnicas e equipamentos adequados, observando e anotando em formulários as condições atmosféricas.   Podem ser utilizados desde a aplicação com pincéis (trinchas), rolos, pistolas airless com maior taxa de transferência (maior pressão hidráulica para pulverizar a tinta), pistolas com caneco, pistolas com tanque, pistolas com HVLP com maior volume de ar e baixa pressão de pulverização.  TINTAS tem que ter tecnologia de formulação, controle rigoroso de qualidade das matérias primas e do processo de fabricação. A escolha deve ser criteriosa e deve resistir a agressividade do ambiente.  As especificações da norma citada não visam estética do ambiente industrial, embora a Pintura de tubulações industriais também contribua para isso.    Ela estabelece uma cor para cada tipo de fluido conduzido. Essa medida auxilia nas manutenções e no cuidado com fluidos mais sensíveis, como os inflamáveis.    A Pintura de tubulações industriais se faz extremamente útil por medidas de segurança, organização e economia, já que a troca por desgaste será menos frequente se a pintura for de qualidade.     Para garantir conformidade com as normas e redução de gastos, basta procurar a solução na Samso Power.    Ao utilizar o código de cores nas tubulações industriais fica muito mais fácil realizar manutenções nos dutos e tubulações já que se pode ir diretamente ao foco do problema sem ter de consultar projetos ou profissionais que conheçam as localizações. Água, ar, combustíveis, vapor, cada um tem sua cor.
ABRIR WHATSAPP
×